1 comentário:
De Fábio Ramos a 17 de Dezembro de 2012 às 20:22
Identifiquei-me com o teu texto. E o que é que isso significa? Por vezes nada. Mas gostei de ler algo assim, fez-me bem, não me fez sentir sozinho e invisível por momentos. Já pensei que isto pudesse ser uma fase passageira mas de vez em quando encontro-me assim com estas sensações resultantes da minha desorientação social. Por mais que se goste das pessoas, que se goste do mundo, que não precise de muito para ser feliz mas ao mesmo tempo não quero nunca desistir de mim e de saber mais, não chega. Os esforços que se fazem nunca chegam.
Obrigado por teres lido :) um abraço e luz para a tua vida: todos precisamos de faróis.


Comentar post